O que saber sobre ser Altamente Sensível e Introvertido ou Extrovertido

O que saber sobre ser Altamente Sensível e Introvertido ou Extrovertido

Pensar que todas as Pessoas Altamente Sensíveis (PAS) são introvertidas é um mito comum. De facto, 30% das PAS são extrovertidas. Isto é algo muito importante a esclarecer para quem está nesta jornada de autodescoberta. Porque quanto melhor te conheceres, mais alinhado estarás com a tua natureza e mais confiante estarás para superar os desafios e desfrutar da vida.

Antes de tudo, sabias que o significado de introversão versus extroversão tem evoluído ao longo dos tempos desde 1921, altura em que o psicoanalista Carl Jung primeiramente introduziu estes termos na psicologia?

E. embora houvesse alturas em que ser introvertido tenha tido uma conotação algo negativa (pessoas fechadas que evitam o contacto com o mundo exterior), hoje em dia sabemos que tanto o traço de temperamento da introversão como da extroversão ocupam o seu lugar no mundo.

Adicionalmente, há que ter em conta que ninguém é 100% extrovertido nem puramente introvertido, sendo que a maioria dos indivíduos apresenta características dos dois traços. Toda a gente tem comportamentos introvertidos em certas ocasiões e extrovertido noutras. A questão é, qual é a tua preferência de forma geral?

Mas voltando à estatística: não achas surpreendente que 30% das PAS são extrovertidas? Pode parecer contraditório o traço da alta sensibilidade (ser-se mais reservado, precisar de tempo sozinho) coexistir em 30% das PAS com o traço da extroversão (gostar de estar com pessoas, precisar de comunicar). Mas assim é, e cada um deve criar o estilo de vida adaptado ao seu modo único de experienciar a vida.

Se não sabes qual a tua pontuação no Teste de Alta Sensibilidade, clica no botão abaixo ou partilha com alguém o teste:

Então, o que saber sobre o traço da introversão / extroversão e a alta sensibilidade? O que devo ter em conta para cuidar de mim de acordo com a minha natureza? Como evitar entrar em sobre-estimulação, conforme a minha forma de ser?

Abaixo partilho contigo 3 fatores importantes a ter em conta que vão empoderar-te nesta jornada. Vamos lá!

  1. AS CARACTERÍSTICAS BÁSICAS


    Segundo a investigação da Dra Elaine Aron, 70% das PAS são introvertidas e 30% são extrovertidas.

    Em termos gerais, considera-se que uma pessoa exibe um comportamento (mais) introvertido se dirije a sua atenção / energia maioritariamente para dentro (intro = interior), enquanto que um extrovertido dirije (mais) a sua atenção / energia para fora (extro = exterior). E o estilo de vida e autocuidado ideal para manter a energia e saúde, é diferente para cada um.

    Por exemplo, há que ter em conta que um extrovertido adquire energia ao estar com pessoas, enquanto que um introvertido pode gostar de estar com pessoas mas também gosta de passar tempo sozinho. O extrovertido tem facilidade em comunicar e conectar-se, o introvertido não tanto. O extrovertido aborrece-se de estar sozinho, o introvertido desfruta da solidão para fazer o que gosta como ler, caminhar, ouvir música, pintar mandalas.

    Uma das diferenças que sobressai é que o introvertido gosta de estar sozinho, enquanto que o extrovertido altamente sensível precisa de estar sozinho para recuperar a energia. Ou seja, para um introvertido voltar-se para o interior é não só uma estratégia de autocuidado como também uma preferência, e para um extrovertido é mais bem uma necessidade para restaurar a energia e não entrar em sobrecarga, e depois “voltar para o mundo”.

  2. A EXTROVERSÃO COEXISTE COM A BUSCA DE ALTAS SENSAÇÕES


    Embora existam introvertidos altamente sensíveis que são buscadores de altas sensações (eu, por exemplo), o que também se tem verificado é que a maioria dos extrovertidos se identifica com o traço de buscadores de altas sensações.

    Isto é, se te reconheces como extrovertido altamente sensível, então provavelmente também:
    • te aborreces com facilidade,
    • procuras novidade na tua vida,
    • precisas de experiências intensas,
    • és adverso à rotina.

    Nesse caso, e como pode ser um desafio equilibrar a alta sensibilidade com a busca de altas sensações, para aprofundar este tema aconselho-te a leitura do artigo: Como gerir a Alta Sensibilidade & a Busca de Altas Sensações?

  3. INTROVERTIDO OU EXTROVERTIDO, AINDA ASSIM ÉS ALTAMENTE SENSÍVEL



    Recorda que se te identificaste com o traço de Pessoa Altamente Sensível então, quer te reconheças como intro ou extrovertido, ainda assim terás as características de um sistema nervoso altamente sensível.

    Isto é, tanto o introvertido altamente sensível, como o extrovertido altamente sensível, partilham de:
    • um alto grau de empatia,
    • de querer ter um impacto positivo no mundo,
    • de gostar de conversas mais profundas,
    • de ficar chocado com violência,
    • de sentir profundamente,
    • de refletir antes de atuar,
    • de investir em causas justas,
    • de ficar facilmente sobre-estimulado,
    • de aperceber-se das subtilezas à sua volta,
    • de fazer pausas para processar,
    • de possuir uma vida interior rica,
    • de necessitar de uma rotina de autocuidado,
    etc.

    OU seja, por exemplo, por um lado um extrovertido que não seja altamente sensível pode estar muito tempo numa festa,

    Por outro, um extrovertido altamente sensível — embora suporte mais tempo de contacto social que um introvertido — vai chegar a um ponto em que precisa de estar sozinho para descansar. Isto porque o seu sistema nervoso altamente sensível vai estar a absorver todos os estímulos de forma intensa e profunda (ex. música alta, luzes fortes, muita confusão à sua volta), podendo entrar em sobre-estimulação se não estabelecer limites saudáveis.


    Em conclusão, recorda que há que cuidar da alta sensibilidade para viver em serenidade, independentemente dos outros traços que possam fazer parte da nossa personalidade.

    E se estás a precisar de ajuda nesta jornada, se te sentes sobre-estimulado, cansado, ansioso, desajustado, ou simplesmente te queres encontrar, estou aqui para te apoiar. Não estás sozinho!

Quando sabes quem és, tornas-te poderoso. Quando aceitas quem és, tornas-te invencível.

Tina Lifford

E tu, és mais extrovertido ou introvertido? Como te identificas? Partilha na secção de comentários a tua experiência.

a

Sofia Loureiro | BSc • MNat • PhD

Terapeuta Natural & Mentora de Pessoas Altamente Sensíveis • Autora • Palestrante

Especializada em Pessoas Altamente Sensíveis • HSP Certified Nickerson Institute • Terapeuta da Dra Elaine Aron List

o

Partilha com o Mundo:

2 thoughts on “O que saber sobre ser Altamente Sensível e Introvertido ou Extrovertido

  1. Identifico-me como introvertida!
    Obrigada pelo artigo, esclarecedor como sempre.

    1. Obg pela partilha.
      De facto, quanto mais nos vamos conhecendo, mais alinhados estamos com o nosso potencial. Foi para isso que criei O Mundo das Pessoas Altamente Sensíveis.
      Eu identifico-me com o traço da alta sensibilidade, da alta empatia, de buscador de altas sensações e da introversão. O que dá um cocktail interessante… Por isso levei anos a desenvolver estratégias que me ajudassem a autorregular. Tem sido uma aventura.
      Abraço,
      Sofia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.