Testemunhos

Lénia Neves 35 anos

“Quando iniciei este percurso de autoconhecimento, o que mais desejava era encontrar estratégias que me permitissem lidar comigo própria de forma mais positiva e resiliente. Anteriormente sentia um grande desgaste físico e emocional que me foi conduzindo a um estado de muita vulnerabilidade e incapacidade de superar desafios internos e externos. Nesta caminhada, a mentoria da Sofia foi a impulsionadora da minha gradual transformação. O seu trabalho e os recursos que disponibilizou ajudaram-me a reencontrar o equilíbrio que necessitava e a aceitar-me como sou. Tornei-me consciente do meu traço de personalidade (PAS) e abracei-o. Sinto que hoje, reúno mais condições para enfrentar desafios de forma assertiva e transformadora. Grata à Sofia por toda a sua dedicação e trabalho!

Beatriz Cardoso 37 anos

“Tenho noção de que o meu estado depressivo era causado por um desconforto emocional, mas também físico (que pude comprovar depois com análises). Assim, as valências da Sofia ajudaram-me a reequilibrar como um todo: sendo naturopata recomendou-me o que seria indicado para os meus défices e ajudou-me a entender-me melhor como pessoa altamente sensível que sou, sem me julgar, culpar…apenas aceitar! A Sofia judou-me a focar na resolução e a ver que tenho de priorizar o meu auto-cuidado. Fazendo-o, respeito-me e posso respeitar o todo. Obrigada!

Maria Lucas 63 anos

“Vivia com medos, preocupação excessiva, cuidava mais dos outro do que de mim. Com o trabalho da Sofia tenho sentido um impacto extraordinário na minha vida. Consulto as partilhas nas redes socias, podcast e consulta. A prática de mindfulness foi uma grande ajuda para melhorar a autoestima e a aliviar a ansiedade. Deu-me dicas para tomar boas decisões, a ter autocuidado e bondade por mim, a ter pensamentos positivos e de gratidão. Tenho tido bons resultados e sinto-me muito melhor. Com a Sofia por perto nunca estou sozinha. Muito grata de coração!

Ana Caldeira 41 anos

“Já acompanhava a Sofia há algum tempo, a ler as suas publicações e a subscrever a sua newsletter. E assim, a compreender melhor o que é a Alta Sensibilidade. Finalmente decidi contactar a Sofia que se revelou, desde o primeiro encontro, organizada, metódica e direta. Além do acompanhamento imediato, os materiais e as ferramentas que me entregou em mãos foram preciosos.Ter alguma disciplina entre consultas foi um desafio que a Sofia elogiou, reconhecendo o meu esforço na concretização de alguns exercícios essenciais para mim enquanto PAS e para as situações concretas da minha Vida. As consultas levaram-me a uma maior autoestima e confiança em mim, sentindo que tenho direito a ter o meu lugar no mundo. Agradeço por isso e o apoio e a motivação que a Sofia me trouxe nesta jornada de Pessoa Altamente Sensível.

Claúdia Martins 44 anos

“Encontrar a Sofia, foi o mesmo que encontrar-me. Porque graças a ela consegui perceber um sem número de situações, pelas quais me sentia desenquadrada. E com a sua ajuda aprendi a identificar e a saber lidar com os sentimentos que por vezes tinha, uma vez que estão relacionados com o facto de ser uma Pessoa Altamente Sensível.

Vanessa Filipa 23 anos

“Antes de saber que era uma Pessoa Altamente Sensível sentia-me como se vivesse num mundo completamente à parte, o que fazia com que me afastasse de contacto social e uma sensação de não pertença/diminuída como pessoa. Através da Sofia não só descobri que era uma PAS, mas também aprendi a aceitar-me como realmente sou, a conhecer-me mais profundamente e agir de acordo com o que me faz bem, sem sentir a necessidade de ter de me encaixar e fingir algo que não sou. O trabalho da Sofia tem mudado a minha vida. Permite conhecer-me e saber que não estou sozinha. Sinto que o primeiro passo é perdermos o medo de chegarmos ao nosso Ser.

Migui 56 anos

Os meus maiores desafios como PAS era receber das pessoas o feedback de ‘ és muito intensa, muito sensível’ . Não me enquadrava no mundo e não percebia porque tinha de ser tão sensível. Quando fiz os teus questionários e li sobre as PAS chorei de alegria. O teu trabalho, de investigação, informação, partilha,  querida Sofia, tem Sido uma luz no túnel, para me regularizar. Aplico feliz as várias práticas e ferramentas que partilhas. A par da tua própria história e dos teus exemplos de vida, enquanto PAS, identifico-me e trabalho a autoregulação de emoções fortes. Sou tão mais gentil comigo. Está tudo bem. Tudo como é e o que é, está tudo bem. 

Para mais TESTEMUNHOS clica AQUI