A detox do organismo Altamente Sensível: o que deves saber

A detox do organismo Altamente Sensível: o que deves saber

A acumulação de toxinas a nível do corpo é uma realidade para toda a população. No entanto, para as Pessoas Altamente Sensíveis (PAS) as consequências podem se fazer notar (ainda) mais devido ao organismo sensível.

Em terapias naturais, considera-se que uma toxina é uma substância prejudicial ao bom funcionamento do organismo, de origem natural ou artificial.

acumulação de toxinas no organismo pode manifestar-se de diversas formas como fadiga crónica, falta de concentração, problemas inflamatórios, dores de cabeça, quistos, distúrbios digestivos (ex. gases, prisão de ventre, diarreias, cólicas, inchaço abdominal), condições a nível da pele, dificuldade em perder peso, insónias ou até desordens mais graves.

As toxinas podem ter origem externa – nos alimentos que ingerimos (ex. resíduos de pesticidas nos alimentos oriundos de agricultura convencional, aditivos prejudiciais dos alimentos industriais, vestígios de hormonas e antibióticos da criação de animais), na água que bebemos, no ar que respiramos, nos produtos de limpeza ou os cosméticos que usamos – ou interna, através de processos metabólicos como a respiração e a digestão.

Por um lado, a realidade é que o nosso corpo tem a sua forma natural de desintoxicação através do fígado, das fezes, da urina e o suor. Por outro, nós podemos contribuir de forma ativa para ter um organismo mais limpo e vital. Recorda que a saúde é algo que se constrói a cada dia através das opções conscientes que vamos fazendo.

Abaixo partilho contigo 3 aspetos importantes para manteres o organismo limpo e saudável de forma natural.

  1. EVITA AO MÁXIMO AS TOXINAS


    Nas minhas masterclasses acerca deste tema costumo comentar: “a melhor forma de desintoxicar, é não intoxicar“. Concordas?

    Assim, devemos recorrer a uma alimentação o mais natural possível, baseada em alimentos frescos e biológicos, selecionar produtos de cosmética natural ou com baixo teor de substâncias tóxicas (evitando os habituais parabenos, ftalatos, triclosan, e outros mais, presentes nos produtos convencionais) e usar artigos naturais para as limpezas (ex. limão, vinagre, bicarbonato de sódio). Podes aprender a fazer os teus próprios produtos de limpeza e higiene ou comprar a quem faça estes produtos artesanalmente. Também os encontras a nível comercial.

    Adicionalmente, o exercício físico, o sono reparador, as massagens, as respirações profundas, os banhos com sais, a sauna (sempre que não haja contraindicações), as escovagens de pele (aqui podes encontrar várias opções de artigos; eu uso esta escova) e beber líquidos com frequência (como água pura ou filtrada, infusões de plantas, sumos naturais de vegetais, batidos verdes). Tudo isto estimula os mecanismos naturais de desintoxicação.

  2. FAZER DE FORMA SUAVE


    Existem diversos programas de desintoxicação, os quais podem variar de duração e intensidade. Por exemplo, programas de 3 – 7 dias baseados no consumo de fruta e vegetais crus ou cozidos ao vapor e bebidas que incluem água pura ou filtrada, infusões de plantas (ex. dente de leão, cardo mariano, boldo) e sumos naturais.

    NOTA: os sumos devem ser feitos com uma mistura de fruta e vegetais, de modo a diminuir a carga de açúcar presente na fruta. Os caldos caseiros de vegetais também são uma boa opção.

    Habitualmente, uns dias antes do início do programa de limpeza, aconselha-se a eliminação, ou redução para níveis mínimos, de açúcares refinados e derivados, sal, café, álcool, tabaco, alimentos industriais e produtos animais.

    No entanto, tem em atenção que as PAS não reagem habitualmente bem a programas mais drásticos como jejuns. O sistema nervoso sensível precisa de um aporte estável de energia para funcionar bem, o que quer dizer: um nível estável de açúcar no sangue ao longo da jornada.

    Eu, pessoalmente, nunca me dei bem com jejuns e ao fim do segundo dia desistia.

  3. DETOX SAZONAL DO FÍGADO


    Este magnífico órgão é um dos grandes filtros do nosso corpo. Manter o fígado saudável é essencial para o bom funcionamento do mecanismo natural de desintoxicação.

    As plantas mais usadas para o fígado incluem:
    — dente-de-leão, alcachofra, cardo-mariano, boldo, burututu, rábano negro, etc.
    Que se podem tomar geralmente durante 4 semanas sob a forma de:
    — infusão (chás), 2 – 3 chávenas por dia.
    — tinturas, geralmente 15 – 30 gotas por dia.
    — ampolas, geralmente 1 por dia.
    — cápsulas, como indicado no produto (mas prefiro as formas anteriores do que comprimidos ou cápsulas).

    O fígado é normalmente desintoxicado na primavera e outono.

    NOTA: se estás grávida ou a amamentar, se sofres de uma condição crónica ou tomas medicação, não deves iniciar a toma de remédios naturais sem antes consultar um profissional de saúde informado.

    Se precisares de apoio nessa jornada, estou aqui para te apoiar!

A casa mais importante a manter limpa, é o teu próprio corpo.

Marina Abramović

E tu, que tipo de desintoxicação fazes? Com que frequência? Quais os resultados? Partilha na secção de comentários a tua experiência.

a

Sofia Loureiro | BSc • MNat • PhD

Terapeuta Natural & Mentora de Pessoas Altamente Sensíveis • Autora • Palestrante

Especializada em Pessoas Altamente Sensíveis • HSP Certified Nickerson Institute • Terapeuta da Dra Elaine Aron List

o

Partilha com o Mundo:

2 thoughts on “A detox do organismo Altamente Sensível: o que deves saber

  1. Muito obrigada Sofia por mais este post que é mesmo muito importante para mim.
    Eu já algum tempo como o mais natural possível.
    Já bebo de manhã um detox verde, tomo chá de hibisco-ulmeira-folha de Freixo, bebo 1,2l de água, mas a nível do fígado tenho que fazer muito mais e talvez para o próximo mês marco uma consulta consigo para acertar melhor estas coisa. Muito obrigada por tudo. Beijinho

    1. Obrigada pelo contacto Adelaide.
      Fico contente em saber que já tem a sua rotina de autocuidado, que é essencial ao nosso bem-estar.
      Estou ao dispor para quando necessitar do meu apoio.
      Beijinhos, Sofia

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.